Novo Filme de Allen

Magia ao Luar

Tava na Lua ;)

Tava Na Tua (feat. Luiz Caracol)

Sara Tavares

Despertei em graça
No meio da praça
E de um só momento
Eu fiz um momento

Procurei-te norte e sul
Todo o mapa mundo
Inventei-te e encontrei-te a cada segundo

Por querer mais, por querer tanto
Ao que é de mais, ao que é espanto

Saí daqui, subi á lua, sempre atrás de ti
Cobri o céu, tava na tue e..
Saí daqui, subí á lua, sempre atrás de ti
Cobri o céu, tava na tua e não resisti

Eu tava na tua
Vai sara

Ao som dos teus passos
Levantei os braços
Desci a ladeira
Sacudi poeira

Por querer mais, por querer tanto
Ao que é de mais, ao que é espanto

Saí daqui, subi á lua, sempre atrás de ti
Cobri o céu, tava na tue e..
Saí daqui, subí á lua, sempre atrás de ti
Cobri o céu, tava na tua e não resisti

(non stop, singing and dancing)

young hearts be free tonight!

 

Em modo verão, NON STOP 🙂

“A memória é o perfume da alma.”

Sand, George

 

E eu tenho tanto medo de me esquecer… de perder esses aromas…

Sem memória não somos nada, não é? Confesso que me aflige muito não a ter, ou perdê-la aos poucos.

Tanto me aflige o esquecimento de algumas coisas gerais como de outras mais específicas.

[A minha infância já a apaguei quase toda, só me lembro dela quando regresso à casa antiga da minha mãe. Mesmo assim, sinto que muitas memórias foram apagadas por defesa, por querer andar para a frente e não sofrer. Sei que sim, foi propositado.

Não me deixaram tirar fotografias no dia em que o meu pai partiu para sempre, quiseram encher-me de medicamentos para atenuar a dor daquela perda. Fiquei magoada. Nunca os tomei, fingia que os engolia com o galão, mas não, nunca os tomei.

Disseram à minha mãe que eu estava louca. Porquê? Só porque queria ficar com uma imagem daquele dia (o último) para sempre??

Tive apenas a coragem para dizer que queria guardar aquelas emoções do amor que se sente por alguém que parte. Como nas estações, nos aeroportos ou  quando alguém se casa e vai morar para longe. É assim tão difícil de entender isto?

Tinha 16 anos!!! Caramba, que estupidez a vossa! Eu queria passar por aquela dor, achava que tinha que sentir tudo, porque seria o momento da despedida. Queria despedir-me conscientemente.

Ainda hoje tenho o seu aroma no coração e isso não vou esquecer.

Os aromas das noitadas a colocar discos no gira-discos com o cheiro do seu tabaco no ar. Mais tarde o cheiro do hospital onde ficou até ao último minuto e depois o cheiro das flores junto à campa que nunca mais visitei. Acompanhei a minha mãe 2 vezes e nunca mais lá voltei.]

 

E agora? Estou já com tantas falhas, que me assusto com as consequências disto. O meu cérebro desacelerou, abrandou porque sim. Está, muito provavelmente esgotado de tantas emoções que já viveu, tantos amoras que ficaram…

Olho para mim agora, como estou?… nem sei como estou, velha talvez.

Só não queria perder o aroma das minhas memórias.

 

 

Canção do Mar Aberto

magoito

Praia do Magoito

Canção do Mar Aberto

Onde puseram teus olhos

A mágoa do teu olhar?

Na curva larga dos montes

Ou na planura mar?

De dia vivi este anseio;

De noite vem o luar,

Deixa uma estrada de prata

Aberta para eu passar.

 

Caminho por sobre as ondas

Não paro de caminhar.

O longe é sempre mais longe…

Ai de mim se me cansar!…

Morre o meu sonho comigo,

Sem te poder encontrar

 

Armando Côrtes-Rodrigues, in ‘Planície Inquieta

A Lua

Não dorme…
No verão a lua nunca dorme,
falta-lhe o stress, o cansaço,
o excesso de coisas para fazer…
A lua não dorme, porque já não há mais livros que possa ler, nem artigos interessantes, desprovidos do rigor científico para se dar ao luxo de relaxar…
O tédio apodrece-lhe o pensamento, porque lhe é difícil desacelerar o ritmo.
Mas, pela tua saúde, tens que dormir, lua!

Start@ULisboa

É hoje! 🙂 Poucas hora para começar outra aventura….

Data: 21, 22, 29 de março e 5 de abril de 2014
Local:  3Is – Instituto para a Investigação Interdisciplinar da Universidade de Lisboa

START@ULisboa é um programa de aceleração de negócios que oferece uma aprendizagem hands on, criando um ambiente imersivo e próximo do real, onde os participantes possam sentir as pressões e incertezas comuns num processo de montagem de uma startup.

Com a ajuda de mentores, no START@ULisboa cada equipa percorre um percurso, que lhe permita avaliar o potencial sucesso da sua ideia de negócio, antes de investir tempo e dinheiro no seu desenvolvimento.

No final do programa todas as equipas apresentarão os seus projetos a um júri. As melhores equipas receberão o apoio da Google, do TecLabs e do Protótipo Lisboa para continuar a desenvolver as suas ideias de negócio.

Organização Universidade de Lisboa (ULisboa): Gabinete de Projectos, Empreendedorismo e Transferência de Conhecimento (GPETC) da Reitoria, Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Faculdade de Belas Artes (FBA) e UL+ Clube de Empreendedores

ParceirosTecLabs | Google | Protótipo Lisboa

ApoiosDelta Cafés | Entre Molhos e Caixas

 

Contactos
tel.:
+351 210 443 560/62
e-mail: gpetc@reitoria.ulisboa.pt

Maria Mendes – jazz

MARIA MENDES, um dos maiores talentos do Jazz europeu, chega a Portugal para três concertos imperdíveis.

http://www.apecv.pt/atividades/semmarco2014fil.pdf

Seminário: Espaços abertos entre Arte e Ciência

Programa Gulbenkian Qualificação das Novas Gerações

Programa Gulbenkian Qualificação das Novas Gerações.